"Todas as fotografias são exactas. Nenhuma delas é a verdade", disse Richard Evadon, um famoso fotógrafo americano. Quanto mais eu fotografo ao longo da minha vida, mais eu percebo o quão certa está essa afirmação. Uma fotografia é uma interpretação daquilo que se vê, ouve, cheira, sente. Porque não há uma e só uma maneira de representar a mais pura realidade, uma cópia exacta do que você e eu vemos, a partir do mesmo ponto, olhando para a mesma direcção, a fotografia é a sua melhor interpretação pessoal possível da luz, forma, padrão, cor, e todos os restantes elementos que compõem uma imagem. Há um propósito numa fotografia, um objectivo, desenhado desde o primeiro momento, um processo que começa com a descoberta do objecto pelo fotógrafo, e que vai até à câmara escura, onde ele ou ela forma a imagem que se tornará a sua interpretação da realidade.
Eu penso que não há uma boa ou má fotografia, não há uma maneira correcta ou incorrecta de fotografar, apenas maneiras diferentes de expressar sentimentos e emoções, maneiras essas que podem ser identificadas por mais ou menos espectadores, de acordo com a capacidade do fotógrafo de transmitir a mensagem e sua habilidade de a entender.
As minhas emoções são desenhadas numa fotografia ora de maneira explícita, ora de maneira implícita, e porque eu sou um fotógrafo amador, que adora expressar a sua ideia da realidade através da imagem, o constante aprender de novas maneiras de expressão da quase absoluta verdade através de fotografias exactas é uma viagem que espero nunca mais ter fim.
John Gobblins uma vez me disse que nunca me deveria tornar num fotógrafo profissional, pois tal transformação é destruidora de almas. É exactamente isso que eu penso sobre a fotografia: ter uma alma para expressar a sua interpretação da realidade através de uma imagem, seja a preto e branco ou a cores, digital ou em filme, grande ou pequena.

O menu nome é Marcel Schmitz, nasci a 12/12/1979 em Blumenau, SC, Brasil, tenho nacionalidade alemã, moro no Porto, Portugal. Um fotógrafo amador que espera uma dia nunca ser profissional...

Exposições: Fotografia

"All photographs are accurate. None of them is the truth.", said once Richard Evadon, a famous american portrait photographer. The more I photograph through out my life, the more accurate I realize this quote is. A photograph is an interpretation of what you see, hear, smell, feel. Because there is no equal way of representing the absolute truth, a copy cat image of what you and I see, standing from the very same point, looking at the very same direction, photography is you very best personal interpretation of light, form, pattern, color, and all the other elements that composes an image. There is a purpose to a photograph, a goal, drawn from the very beginning, a process that begins from the discovery of the object by the photographer to the darkroom, where he or she shapes the image to become his or her interpretation of reality.
I think there is no good or bad photo, no good or bad way to shoot, just different ways of expressing feelings and emotions, ways that can be identifiable by more or less viewers, according to your capacity as a photographer to transmit a message and their ability to understand it.
My emotions are drawn in a picture in some occasions the explicit way, in others the subtle way, and because I'm a hobbyist photographer, who enjoys expressing my idea of reality through imaginary, the constant learning of new ways of expressing the almost absolute truth through accurate images is a constant trip, one I hope never to have an end.
John Gobblins once said to me, I should never become a professional photographer, because it is soul destroying. That is exactly what I think about photography: having a soul to express your interpretation of reality through a picture, be it in black and white or color, digital or film, big or small.

My name is Marcel Schmitz, I was born 12/12/1979 in Blumenau, SC, Brazil, I have German citizenship, living in Porto, Portugal. A hobbyist photographer hoping one day not become a professional...

Exposições: Fotografia